Contacto
 
Buscar: Artículos
@habitat_intl
@hicpresident
 

Milhares de pessoas vão às ruas para reivindicar moradia digna e mobilidade urbana

Brasil, Septiembre 2013


A Marcha Nacional pela Reforma Urbana reuniu mais de 10 mil pessoas, na última quinta-feira (28), em várias partes do país. O ato em busca de uma cidade mais justa para todos, com moradia digna e mobilidade urbana, ocorreu no Distrito Federal e em 12 Estados (Amapá, Amazonas, Pará, Pernambuco, Bahia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul).

 Em todos os locais em que o ato ocorreu, os manifestantes alertaram à população o quanto é importante lutar pelo cumprimento da função social da cidade, como no que diz respeito à destinação dos imóveis públicos vazios para habitação de interesse social, a mudança dos procedimentos de reintegração de posse - que será possível com a provação das emendas no projeto de Reforma do Código de Processo Civil (PL 8.064/2010) -, e a imediata suspensão dos despejos das famílias para Copa de 2014, Olimpíadas de 2016.

Em Recife (PE), mais de 400 pessoas fecharam o trânsito em frente à sede da Polícia Rodoviária Federal, no bairro do Pina. Em Belém (PA) manifestantes caminharam na Rodovia Augusto Montenegro rumo ao Palácio dos Despachos para a entrega da plataforma de reivindicações ao Governador Simão Jatene. Com a pressão popular, muitos governantes saíram de seus gabinetes para atender aos manifestantes - foi o caso Piauí e São Paulo. Em Teresina (PI), o prefeito Firmino Filho (PSDB) conversou com um grupo de ativistas que levaram suas reivindicações ao gestor público.

Já na capital paulista, após uma longa caminhada rumo ao Palácio dos Bandeirantes, na zona sul da cidade, um grupo de manifestantes conseguiu uma audiência com o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB).

Para Stacy Torres, secretária-executiva do FNRU (Fórum Nacional pela Reforma Urbana), o ganho da marcha é permitir aos ativistas chamarem a atenção do poder público e, desta forma, exigir a criação de políticas públicas efetivas para toda a população.

"Não queremos apenas ser recebidos pelos gestores em seus gabinetes, mas, sim, mudar a agenda política. A vida nas cidades chegou a um limite. O caos urbano afeta até as pessoas que são privilegiadas na cidade, embora aqueles que têm a menor renda sejam, sempre, os mais prejudicados", enfatizou.

Ocupações

Em Porto Alegre (RS), na madrugada de quarta (27) para quinta-feira (28), manifestantes vinculados ao FERU/RS (Fórum Estadual de Reforma Urbana do RS) ocuparam, pela quarta vez, um imóvel construído pelo antigo BNH (Banco Nacional de Habitação) que pertencia à Caixa Econômica Federal. Segundo o movimento, o prédio foi ocupado pela primeira vez em 2005.

No Rio de Janeiro (RJ), os manifestantes ocuparam um prédio vazio do INSS na avenida Venezuela. O prédio fica localizado no endereço onde havia a antiga Ocupação Zumbi dos Palmares, despejada pela prefeitura há mais de dois anos. Os ativistas exigem que o imóvel seja transformado em habitação de interesse social.

 

http://www.forumreformaurbana.org.br









Loading the player...
1.
2.
3.
4.
5.
6.
7.
8.
9.








<< < Junio/2017 > >>
Dom Lun Mar Mie Jue Vie Sab
 
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
 


Brasil . Livro Produção Social da Moradia
Nos últimos dez anos, o Brasil experimentou uma significativa expansão de formas assoc...
Brasil. Lutas pela Reforma Urbana são tema de oficina autogestionada no FST
Fórum de Reforma Urbana realiza oficina no Fórum Social Temático...
Brasil. Fórum Nacional de Reforma Urbana se posiciona contra a reintegração de posse da Vila Soma
NOTA PÚBLICA...
Brasil. Vitória das famílias! Reintegração suspensa, mobilização segue
As famílias da Ocupação Soma comemoram o resultado de sua mobilizaç&atil...
DECLARAÇÃO SOBRE AS MENSAGENS FUNDAMENTAIS PARA A HABITAT III NO DIA MUNDIAL HABITAT 2015
From the Global Platform for the Right to the City...
Brasil. Os Macacos (ou Lêmures) estão por toda a cidade
Artista questionador e provocador. Subtu é um dos grafiteiros mais ativos de São Paulo...
DECLARAÇÃO FINAL – XVIII CÚPULA SOCIAL DO MERCOSUL BRASÍLIA 14, 15 e 16 DE JULHO DE 2015
Expressamos neste documento os consensos alcançados pelas várias organizaç&otil...
Brasil. Cooperativa habitacional do Uruguai é tema de mostra em SP
A PARTIR DE 3 DE JUNHO, O PÚBLICO PODERÁ CONFERIR NO MUSEU DA CASA BRASILEIRA UMA EXPO...
Brasil. JORNADA NACIONAL DE LUTA PELO DIREITO Á MORADIA, POR REFORMA URBANA, PELA FUNCAO SOCIAL DA CIDADE E DA PROPRIEDADE.
...
Brasil. BOLETIM DO FÓRUM NACIONAL DE REFORMA URBANA
BOLETIM DO FÓRUM NACIONAL DE REFORMA URBANA...
Brasil. Famílias que serão removidas por causa de Belo Monte recorrem à defensoria
Mais de 500 famílias de Altamira (PA) que terão de ser deslocadas por causa da constru...
Brasil. Benedito Barbosa recebe Medalha Nacional de Acesso à Justiça, nesta quinta-feira
A cerimônia acontece no dia 18 de dezembro, às 10h, em Brasília, no Salão...
3ª Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável
Car@a, Nosso país, assim como as demais nações que fazem parte da ONU tem a tar...
“A Política de Moradia é Basicamente de Favorecer o Mercado Privado”: Entrevista com Lorena Zárate, da HIC
Habitat International Coalition (HIC, ou Coalizão Internacional Habitat), é uma a...
Brasil. Juizas/es que recebem auxílio moradia, vão condenar multidões pobres a ficarem sem-teto e sem-terra?
No dia 15 de setembro passado, o Ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, concedeu “tut...

HIC-AL
Desde 2001, seguindo a proposta dos membros regionais e por decisão do conselho da Coalizão Internacional do Habitat (HIC), trabalha na Cidade do México o Escritório  de Coordenação Regional para América Latina da HIC (HIC-AL).
Ler mais




 
 



El contenido de esta página puede ser reproducido, siempre y cuando se cite la fuente y se envíe copia a HIC-AL (info@hic-al.org - Huatusco No. 39 - Col. Roma Sur - 06760 México D.F.), detallando brevemente la utilización que se le ha dado. Del mismo modo, nosotros citamos las fuentes que proporcionan gran parte de los materiales aquí incluidos. La información es de todos/as y para todos/as. Nos hacemos más fuertes si sabemos de dónde viene y adónde va."

Aviso legal / Legal disclaimer